DATA-BASE: MAIS UMA AUDIÊNCIA MARCADA

Em Notas, Notícias by Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de PaulíniaComente esta matéria

Após meses de negociação finalizada através do envio do projeto de lei para Câmara e do golpe do Prefeito contra nossa data-base retirando o projeto sem justificativa e sem votação, o sindicato foi obrigado a recorrer ao Ministério Público do Trabalho (MPT) no mês passado. A primeira audiência virtual aconteceu no dia 22 de abril, quando a procuradora do trabalho cobrou soluções e alternativas da Prefeitura para honrar a data-base. Naquela ocasião a Administração se limitou a dar as mesmas desculpas e não apresentar qualquer proposta.

Temos a confirmação da nova audiência, será no próximo dia 22 de maio. Até lá, terá passado quase um mês da primeira mediação realizada pelo MPT. Não haverá mais justificativas. Desde o ano passado os servidores de Paulínia amargam reajuste zero, sem a reposição devida constitucionalmente. Data-base é lei e precisa ser cumprida! Prefeito, respeite os servidores!

STSPMP

Comente esta matéria