Prefeitura cancela reunião Administrativa com o Sindicato

Em Notas, Notícias by Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de PaulíniaComente esta matéria

Mais uma atitude antissindical e de total desrespeito com o Sindicato e com toda a Categoria de Servidores Públicos Municipais de Paulínia.

Durante a última audiência em 22 de maio deste ano, requerida pelo Sindicato e mediada pelo Ministério Público do trabalho, diante do pedido feito pelo Prefeito Du Cazelato, através de seu preposto, solicitando o encerramento do procedimento, o Sindicato imediatamente e mantendo uma postura proativa ainda buscando o diálogo, como melhor forma de solução das demandas, neste caso a data-base dos anos de 2019 e 2020, solicitou o agendamento de reunião administrativa.

Como tem se repetido, a Administração entrou em contato no dia 28 de maio, marcando a reunião para 04 de junho, que foi prontamente aceita Sindicato, porém em 03 de junho informou o cancelamento, mesmo com o pedido feito pelo Sindicato de reavaliação da decisão.

Mais uma vez o Prefeito toma uma decisão e não mantém sua palavra, em poucos dias muda de forma abrupta e interrompe o diálogo, pior, não apresenta nenhuma solução para 2 anos de data-base da categoria.

Total desrespeito com os Servidores de Paulínia!

Vale frisar sempre que a sabemos e nos solidarizamos com a grave situação sanitária e de saúde pública provocada pela pandemia do Covid-19, porém este fato também escancara ainda mais a importância dos servidores do serviço público para o atendimento digno da população paulinense.

Destacando ainda que os servidores públicos não estão pedindo aumento de salário, e sim, o cumprimento da data base, de forma responsável e muito séria e que visa preservar em especial os Servidores Aposentados.

Tal atitude de cancelar a reunião só reforça a prática antissindical e o profundo desrespeito com os servidores públicos municipais.Seguiremos o combate, compreendendo se tratar de direitos constitucionalmente devidos, antes da pandemia do Covid-19 e a partir de uma proposta que tinha sido feita pela própria Prefeitura.

A luta continua, e nossa mobilização aumentará ainda mais. Não somos “parasitas” ou uma escória da sociedade. Somos quem faz o serviço público funcionar, mesmo com tantos problemas na rede municipal e dificuldades nas condições de trabalho. Somos nós que atendemos a população. Sabemos de nosso valor e respeito, e continuaremos lutando de cabeça erguida.

Parabenizamos os Servidores que tem na mobilização e no engajamento demonstrado de forma magnífica a força e a unidade da nossa categoria.

A Luta faz a Lei!
Avante Servidores!

STSPMP

Comente esta matéria