Prefeitura pode por servidores em risco de contágio de Covid-19

Em Notas, Notícias by Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de PaulíniaComente esta matéria

Servidores,

Recebemos graves denúncias nesta semana com relação à exposição de servidores municipais ao contágio do coronavírus. Como se não bastassem todas nossas preocupação com a linha de frente, como no casos dos profissionais da Saúde e da Guarda Municipal, agora temos que lidar com a irresponsabilidade do governo nas secretarias de Promoção Social e Educação.

Promoção Social
A Secretaria convocou os servidores para trabalhar sem respeitar o rodízio e a diminuição de horário estabelecidos pelo próprio Decreto Municipal 7.774. Ainda que a Assistência Social seja considerada serviço essencial, a forma de trabalho para redução de danos deve ser respeitada. A população deve ser atendida, mas a saúde e segurança dos servidores e dos cidadãos deve vir em primeiro lugar.

Educação
A Secretaria quer que professores e demais servidores da educação voltem às escolas para entregar materiais físicos para os alunos pessoalmente. Entendemos a necessidade dos materiais serem disponibilizados a todos os alunos da rede, porém, discordamos totalmente da sistemática adotada. Há uma imensa preocupação que a forma proposta pela administração, poderá causar alta circulação e concentração de pessoas em determinadas escolas e horários. Tanto servidores quanto população estarão expostos ao contágio.

Com a curva crescente da Covid-19 em Paulínia, a Administração extrapola suas próprias recomendações nos seguidos decretos municipais que dispõem sobre a emergência sanitária e a quarentena. A convocação de servidores da Educação e Promoção Social, da forma como apresentada, é ilegal. O Sindicato continuará atuando para coibir abusos como estes.

Telefone para denúncias: 3874-2179.

Avante!
STSPMP

Comente esta matéria